Postagens Recentes

Você não sabe se deve comprar ou alugar um apartamento? 

Em uma sociedade que valoriza tanto o sonho da casa própria, muito é questionado sobre essa decisão de ficar no aluguel e nós sabemos como é difícil comprar ou alugar um apartamento, principalmente quando há necessidade de mudar de casa ou apartamento, mas hoje nós trouxemos aqui 5 motivos para você continuar morando de aluguel. 

Motivos-para-alugar-um-apartamento

Alugar um apartamento não quer dizer que está jogando dinheiro fora  

É comum escutar dos pais ou dos avôs que alugar um imóvel é jogar dinheiro fora e isso se dá a cultura brasileira que prioriza o sonho da casa própria, um lugar para dizer que é seu. Mas vamos lembrar que financiar uma casa ou um apartamento não quer dizer que ela vai ser sua, enquanto a dívida não for quitada o imóvel vai ser do banco.  

E dependendo de como estão os juros do empréstimo e a inflação, o ideal é continuar no aluguel. Isso porque o valor da parcela de um imóvel é muito maior que o valor do aluguel mensal e com a diferença desse valor, você pode investir o dinheiro em longo prazo para no futuro investir em um imóvel que atende a todas as suas necessidades.  

Lembrando que comprar um imóvel é algo complicado, em sua maioria, o único meio de fazer isso é com um empréstimo que pode triplicar o valor do imóvel, e, diga-se de passagem, não é um bom negócio, para mais, um empréstimo imobiliário pode chegar a 35 anos. 

Também há alguns casos que a pessoa se prepara a vida toda para adquirir aquele imóvel perfeito e quando chega a hora, o apartamento teve um aumento significativo no mercado e a solução encontrada é investir esse dinheiro em longo prazo, continuar no alugar até a próxima oportunidade aparecer.  

 

Contrato  

Para alugar um apartamento você precisa de um contrato, algo que pode durar em torno de três anos, mas claro, existe a possibilidade de quebrar o acordo, o que pode gerar um pequeno juro ou multa, mas você não está preso ao imóvel em longo prazo.  

E uma das vantagens é que: assim que o contrato acabar você pode escolher um novo lugar para viver ou simplesmente renovar esse acordo por mais três anos e continuar no imóvel que está.  

Mas comprar um imóvel já é algo diferente, como dito anteriormente, o compromisso com o empréstimo, as parcelas e o imóvel podem chegar a 35 anos e a venda desse imóvel no meio da dívida pode ser um transtorno. 

Tenha em mente que comprar um imóvel não é tão simples quanto parece. 

 

Imóvel não é investimento  

Quando falamos que imóvel não é investimento parece um absurdo, mas é a mais pura verdade.  

Procurar apartamentos para alugar é muito mais lucrativo para o seu bolso do que procurar um a venda.  

Quando você compra um apartamento, você não tem a intenção de ganhar dinheiro com ele, você tem apenas gastos. E um investimento é tudo aquilo que lhe traz dinheiro, uma renda mensal ou um rendimento anual.  

Um imóvel próprio é apenas para o bem-estar da sua família, mas não um investimento.  

Mas tudo pode mudar, caso a sua intenção é de adquirir um apartamento para ter uma renda, alugando quartos ou o apartamento todo, aí sim o imóvel se torna um investimento, pois ele vai lhe trazer rendimentos mensalmente. 

 

Imóveis perdem valor 

Ao comprar um imóvel a sensação é de estabilidade para sua família e sempre pensamos na valorização daquele imóvel, até mesmo com a intenção de vendê-lo com um valor muito mais elevado do que foi pago.  

E essa é uma das maiores mentiras que contaram para você! 

Como qualquer outro bem que você tenha, a desvalorização pode acontecer e é muito comum.  

Na pressa de comprar um imóvel alguns erros acontecem, e é nesse ponto que a desvalorização começa.  

Comprar um imóvel errado, com uma localização duvidosa ou com uma dívida de condomínio, pode trazer muito prejuízo para o seu bolso e literalmente jogar dinheiro fora.   

Mas não é só vender?  

Não! 

Não acredite que é fácil vender um imóvel depois de comprá-lo, é algo demorado e pode demorar meses e até anos para conseguir efetuar essa venda. E ninguém quer ficar em um imóvel que não gosta por tanto tempo. 

E se atente ao fácil, barato e simples, a uma série de questões que devem ser analisadas antes de uma compra, é uma longa pesquisa até chegar em às necessidades da sua família, pense em seu dinheiro e como ele pode ser investido em longo prazo enquanto você vive em um apartamento alugado.  

 

O apartamento não é seu  

Como já citado anteriormente, o imóvel só vai ser seu depois de quitado. 

Mas como assim?  

Quando você deixa de alugar um apartamento para comprar um imóvel e faz um empréstimo imobiliário, eu sinto muito lhe dizer, mas o imóvel é do banco e só será seu após a quitação da dívida.  

Supondo que você financiou um novo apartamento em 35 anos e com altos juros, o que no final vai fazer aquele apartamento sair três vezes mais caro do que seu valor à vista, esse apartamento só será seu após 35 anos.  

Você pode imaginar? Viver 35 anos em um apartamento e correr o risco de perde-lo para banco?  

Isso pode acontecer e acontece, caso não pague as parcelas corretamente o banco pode intervir e começar um procedimento extrajudicial, o que leva a perca do imóvel e quando isso acontece o proprietário tem 15 dias para deixar o local.   

Isto pode causar um terror, uma frustração, pagar anos de um imóvel para perdê-lo. Então pense duas vezes antes de comprar um imóvel, pode ser muito mais lucrativo para você alugar um apartamento novo e investir seu dinheiro em longo prazo. Mas é claro que tudo é relativo e cada caso é um caso, tudo depende do que você precisa.   

O ideal é ter um planejamento financeiro e entender o que é ou não viável para o seu estilo de vida.